Suzana Nunes
A beleza está nos olhos de quem lê.
Capa Textos
Textos
Mc Lanche Infeliz

Mc Lanche Infeliz

Se você tem criança, sabe do que eu estou falando. Pelo menos uma vez por mês esta rede de lanchonetes lança um brinquedo novo pra atrair a criançada, que começa imediatamente a pedir mais que filho de cego. “Me leva, me leva, me leva”, até você ser vencido pelo cansaço. E lá vai você cumprir seu triste destino de filho do capitalismo.

Nunca vi em toda minha vida um ambiente onde as pessoas fingem tanto. Repare só. Fingem estar felizes, mas na verdade estão todas contrariadas de dar um dinheiro absurdo num brinquedinho inútil que vai quebrar no dia seguinte, para receber um sanduichezinho mixuruca que não cobre nem o canto do estômago. Enquanto mastiga aquela “pseudorefeiçãosaborborracha”, você se lembra do hot dog lá da esquina.
Mas se você se nega a levá-lo, o que seu filho vai dizer ao amiguinho da escola, que esfrega na cara dele a coleção inteira de "brinquedos-felizes"? Sinuca de bico. 

E seu menino já largou o brinquedo, que tirou do pacotinho ali mesmo, porque agora ele quer um igual ao do menino da mesa ao lado, mas não pode mais trocar, porque abriu a embalagem. Então ele pede pra você comprar outro. E você não compra, porque o preço é astronômico e o lanche é ruim, já sobrou metade do primeiro, está esticado, frio ali na mesa, pra te lembrar da grana que você desperdiçou.

Não, você não compra outro. Decididamente não. Só que seu filho começa a berrar. E grita, e esperneia pelo próximo brinquedinho, e acabou o passeio! Vão todos para o carro, você desejando não ter saído de casa, e o menino gritando. Entra no carro, enfia o garoto no banco de trás e ameaça: “Se você não parar de chorar vai se ver comigo!”
Bom, voltando pra casa, ele berra, berra, até dormir de cansaço. O brinquedinho rejeitado fica esquecido no chão do carro mesmo, você coloca a criança na cama aliviado, e vai pra cozinha preparar um miojo. Ah, que lanche feliz!
Tá de brincadeira né? É piada? Não tem graça.

Suzana Nunes
Enviado por Suzana Nunes em 16/03/2010
Alterado em 16/03/2010
Comentários